Drawings: Poems with bodies

Drawing is the primitive blend between body and thought. Drawings are instinctive explanations of the poetry of feelings. The act of drawing lies between the myth of finitude and the perpetual movement of thoughts. Drawings are the visible effects of the rites of flesh and of the deeper sense of humanity – everyday acts among the ritual, the sacrament and the sacrifice.

 

Desenhar é a união primitiva entre corpo e pensamento. Os desenhos são as explicações instintivas da poesia das sensações. O ato de desenhar encontra-se entre o mito da finitude e o movimento perpétuo dos pensamentos. Os desenhos são o efeito visível do rito da carne e do sentido profundo de humanidade – atos do quotidiano entre o ritual, o sacramento e o sacrifício.

Bárbara
Fonte